Como elaborar um currículo nos moldes irlandeses - Blog Quarto e Cia

Como elaborar um currículo nos moldes irlandeses

  • Home
  • Irlanda
  • Como elaborar um currículo nos moldes irlandeses
Currículo vitae irlandes

Currículo Irlandês

Chegar à Irlanda é o primeiro passo do intercambista. Conseguir um emprego, o segundo. Para te ajudar nesta busca, preparamos um post super informativo para aumentar a suas chances de conseguir uma colocação no mercado de trabalho irish. Você já deve ter ouvido falar do Modelo de Currículo Europeu (CV Europass), o currículo padrão da Europa. No entanto, na Irlanda os empregadores tendem a preferir um modelo mais geral de currículo, fazendo com que o CV Europass não seja muito utilizado.


First things first: Cover Letter

Para início de conversa, é importantíssimo que seu currículo venha acompanhado de uma Cover Letter, ou carta de apresentação. Ela vai ser a primeira coisa que o empregador vai olhar, antes mesmo de ler seu currículo. Nela, deve ser usada a linguagem formal, sem abreviações, e deve constar uma explanação clara e objetiva de quem é você profissionalmente. Ela deve ser personalizada, ou seja, uma para cada vaga que você está se candidatando. Se não sabe para quem escrever, telefone e pergunte o nome do responsável por receber as candidaturas. Isso demonstra que você gastou algum tempo se inteirando sobre a empresa e que tem iniciativa. Lembre-se de colocar as informações da vaga que você procura, explicar a razão pela qual você quer trabalhar na empresa, mostrar suas qualificações e habilidades e assinar com seu nome. Para saber mais detalhadamente como preparar uma Cover Letter clique aqui. (Link para post sobre Cover Letter)


Second: Curriculum Vitae

A estrutura pode se modificar à seu gosto, mas as seguintes informações devem estar sem falta no seu currículo:
  • Name and Address. Informações pessoais. Nome, endereço, telefone, e-mail. Não é necessário colocar foto, nem sexo. Os europeus são modernos e não julgam a gente por raça ou sexo.
  • Perfil pessoal ou objetivo. Se você é um profissional experiente, que já trabalhou em outros lugares, pode incluir no seu perfil pessoal o seu trabalho atual e o último, bem como as suas habilidades. No entanto, se você acabou de chegar e não tem muita experiência, pode colocar seu objetivo e mostrar como é o candidato ideal para a vaga.
  • Habilidades e interesses. Nesta parte, você vai escrever no que é bom. É hora de fazer propaganda de si e falar se é bom com números, com pessoas, se já fez trabalho voluntário, se é bom negociando, se é organizado etc.
  • Education & Qualification. Formação. Como nos currículos brasileiros, esta é a parte que você diz o que e onde estudou. Bem simples.
  • Further Training. Outras formações. Liste os cursos que achar relevantes para a vaga. Cursos de liderança, bartender etc. Se não tiver nenhum curso relevante, deixe esta parte de fora.
  • Languages. Idiomas. Coloque todos os idiomas que fala e o nível de proficiência escrito, falado e lido.
  • Personal Details. Detalhes pessoais. Lembra que falamos ali em cima que os europeus são modernos e não dão importância para gênero e raça, então. É totalmente opcional esta parte aqui. Quem quiser diz se é solteiro ou casado, a nacionalidade, a idade e tudo mais.
Uma coisa legal de acrescentar no final é uma observação dizendo que se for do desejo do empregador, você pode dar referências. Escreva: “References available upon request”. Mas se nunca trabalhou, coloque que está em busca do seu primeiro emprego lá na parte de objetivos. Lembrando que experiência não só vem de trabalho remunerado, então se você ajudava a servir no evento do colégio, ou se cuidou do sobrinho no Brasil, vale colocar no currículo que teve esse contato anteriormente.
Exemplo de estrutura de currículo:

Exemplo de estrutura de currículo

Exemplo de currículo pronto

Exemplo de currículo pronto

Então, o que achou desse modelo de currículo? Tem alguma dúvida comente aqui em baixo!
Tags:
Leave a Comment